O que esperar para o futuro dos Marketplaces?

No Brasil, os marketplaces são relativamente novos, apesar de grandes “players” do mercado aderirem ao sistema, ainda há muita evolução para acontecer.

No EUA e China este modelo de negócio está mais consolidado, o que nos fazer buscar constantemente a excelência em termos de vendas e comportamento dos consumidores.

Algumas tendências já são realidade nos mercados, como a aposta em realidade aumentada, que permite que os consumidores tenham uma visão mais real dos produtos que estão comprando , e a inteligência Artificial, totalmente integrada com dados comportamentais e demográficos dos consumidores.

A busca por produtos através de dispositivos de voz e até por imagens, o aparecimento de Marketplaces cada vez mais nichados e o próprio investimento da maior rede social do país, o Facebook na área, nos dá uma ideia do que vem por aí.

Há também uma grande preocupação dos próprios Marketplaces Brasileiros com os Sellers em relação à política de preços, tarifas e o resultado que eles proporcionam, pois, a tendência é que ao menos 66% dos empreendedores do comércio online tenham suas vendas mescladas entre o próprio e-commerce e os Marketplaces.

Outro fator decisivo para a consolidação do mercado é o investimento em soluções logísticas, controle de fraudes (ainda há muito produto falsificado sendo comercializado) e foco em marketing digital dentro destes ambientes, o que sem dúvidas pode melhorar ainda mais a experiência do consumidor nas decisões de compra.

Precisamos ficar atentos às tendências, hoje algumas lojas físicas estão deixando de existir ( como por exemplo o caso do fechamento das Lojas FNAC recentemente), sabemos que os consumidores estão cada vez mais conectados, porém ainda há um grande caminho a percorrer no que diz respeito à interação de atendimento tanto online ou misturados em lojas físicas, onde a finalização das compras se dá por meio de um e-commerce ( como no caso da AMARO).

Em dois anos teremos um avanço tecnológico bem expressivo na área e acreditamos que o surgimento de empresas como a Vende Mais serão importantíssimos para o acesso aos Marketplaces para diversos tipos de empresas, desde as pequenas até os grandes fabricantes, pois só uma empresa especialista e antenada nas tendências pode entender o segmento e melhorar a experiência de Vendas desse setor.

Inscreva-se para receber nossa newsletter!

Conheça mais sobre o nosso blog